27.9 C
Caçador
sábado, janeiro 16, 2021

Brasil vai testar vacina contra HIV. USP busca voluntários

- Publicidade -
- Publicidade -

Pela primeira vez o Brasil e mais sete países vão testar em humanos uma vacina promissora contra o HIV – como adiantou o SóNotíciaBoa em 2019. Pra isso, a Faculdade de Medicina da USP, Universidade de São Paulo, está buscando voluntários.

O estudo, chamado Mosaico, começou há cinco anos e está sendo desenvolvido em cooperação por instituições de países da América e Europa.

A pesquisa já foi aprovada nas fases pré-clínica, animal e nas fases 1 e 2 em humanos. Até o momento, as pessoas que receberam a vacina conseguiram produzir satisfatoriamente anticorpos e imunidade contra a infecção.

A pesquisa está sendo feita:

  • Na Europa: 6 centros na Espanha, 3 centros na Itália e 3 centros na Polônia.
  • Nas Américas: 24 centros nos Estados Unidos, 5 centros no Peru, 4 centros na Argentina, 3 centros no México.
  • No Brasil: 2 centros no Rio de Janeiro (Capital e Nova Iguaçu), 1 centro no Paraná (Curitiba), 1 centro no Amazonas (Manaus), 1 centro em Minas Gerais (Belo Horizonte) e 3 centros em SP: Centro de Pesquisa Clínica 2 HCFMUSP, Centro de Referência e Treinamento IST/Aids e Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

Voluntários

A eficácia da vacina será avaliada em 3.800 voluntários de grupos considerados vulneráveis a contraírem o vírus.

Podem participar do estudo
  • Pessoas Transmasculine;
  • Travestis;
  • mulheres Trans;
  • homens cis Gays ou Bissexuais;
  • pessoas não Binárie e
  • pessoas transgênero que fazem sexo com: pessoas Transmasculines e/ou; Travestis e/ou; mulher Trans e/ou homens cis Gays ou Bissexual e/ou; pessoas não Binárie e/ou pessoas Transgêneros.
As idades vão de 18 e 60 anos.
Os interessados podem entrar em contato com o Programa de Educação Comunitária da USP pelo Instagram.

No período de um ano, o grupo receberá quatro doses da vacina, que reúne uma seleção de subtipos do HIV para induzir respostas imunológicas contra a maior parte das variações do vírus presentes no mundo.

As duas primeiras doses utilizam um composto criado a partir de um vírus de resfriado modificado e que não causa a doença para entregar quatro substâncias que induzem respostas imunológicas.

As outras duas doses são elaboradas com proteínas do envelope viral de dois tipos de HIV.

A tecnologia

A tecnologia empregada na vacina em desenvolvimento é a de vetor, em que são injetadas informações genéticas de proteínas do HIV dentro de um outro vírus, inofensivo a seres humanos.

Quando o indivíduo é vacinado, o vírus inserido no organismo se multiplica, fazendo com que o corpo receba as proteínas que foram injetadas em seu material genético. Assim, o vacinado produz resposta imune contra proteínas do vírus inofensivo e também contra as do HIV.

Com informações do SNB e AgênciaBrasil

- Publicidade -

Últimas notícias

Hemosc reforça a necessidade de doação de sangue na temporada de verão

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) reforça a necessidade de doadores para manutenção dos estoques. Com a pandemia da Covid-19,...
- Publicidade -

Distribuição das vacinas será por caminhões e aviões em SC

Santa Catarina está se preparando para receber as vacinas contra o coronavírus na próxima semana. Além dos municípios, que montam seus planos de vacinação...

Requisição da Coronavac pelo Ministério da Saúde suspende acordo da Fecam com Butantan

O Instituto Butantan deve formalizar na segunda-feira (17) a suspensão dos acordos de venda da Coronavac a prefeituras e associações de municípios, diante da...

Máscara inteligente tem microfone para melhorar fala do usuário.

Uma máscara que tem microfone e amplificador embutidos para que a fala do usuário seja melhor compreendida por quem escuta. A fabricante Razer apresentou esta semana um...

Notícias relacionadas

Requisição da Coronavac pelo Ministério da Saúde suspende acordo da Fecam com Butantan

O Instituto Butantan deve formalizar na segunda-feira (17) a suspensão dos acordos de venda da Coronavac a prefeituras e associações de municípios, diante da...

Mulher com lesão espinhal comemora gravidez improvável

Uma mulher com uma lesão espinhal conseguiu engravidar e está comemorando nas redes sociais. Alyssa Higgins é de Nova York, EUA. Ela nasceu com problemas...

Delegado relata que o suspeito de tentativa de sequestro de crianças na região foi identificado

As Polícias Civil e Militar estão atuando na investigação dos relatos de tentativa de sequestro na região. De acordo com Delegado, Eduardo Defaveri, o...

Pai amarra e entrega à PM homem que passou a mão em partes íntimas de sua filha, em SC

Um homem suspeito de cometer estupro de vulnerável foi preso na noite de quarta-feira (13) pela Polícia Militar. O suposto autor do crime chegou...
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui